Negócios com sua Van

Curiosidades

As virtudes da Sprinter Street além da CNH categoria B

amplo negócio sobre rodas

 

As virtudes da Sprinter Street além da CNH categoria B

 

Muitos empreendedores não precisam de um caminhão ou furgão grande para o negócio, inclusive porque esses tipos de veículos exigem a CNH categoria C profissional e têm restrições de circulação em centros urbanos. Há alternativas para condutores com CNH categoria B. Confira neste post as opções Sprinter 314 CDI Street.

 

Com a virtude de fazer parte de uma família de veículos comerciais de grande sucesso como a Mercedes-Benz Sprinter, o furgão e o chassi 314 CDI Street vão além da característica de poderem ser conduzidos por motoristas com CNH na categoria B. Isso já facilita o dia a dia de quem precisa usar o veículo em centros urbanos, mas há outras vantagens que aumentam a rentabilidade do negócio.

 

Os mesmos direitos de um automóvel

 

Projetado para ser compacto, o modelo 314 CDI Street oferece vantagens aos negócios em termos de agilidade, conforto e praticidade, como circular em zonas de restrições a caminhões em grandes centros urbanos, como muitas capitais e regiões metropolitanas. Nas avenidas, podem circular na faixa da esquerda, tendo mais agilidade nos percursos e garantindo maior produtividade no dia a dia.

 

Como veículo ágil, a Sprinter Street é bastante eficiente em viagens, pois pode circular dentro do mesmo limite de velocidade máxima dos automóveis. Para o uso no dia a dia, as dimensões compactas as operações em locais estreitos e de difícil acesso. O rodado simples no eixo de tração traz o benefício do pagamento de pedágio no valor de automóvel nas rodovias.

 

As opções da Sprinter Street

 

A linha Sprinter é a mais completa da categoria, e traz itens de série e opcionais que tornam muito mais fácil o dia a dia dos condutores, como o assistente de partida em rampa, assistente ativo de frenagem e o ESP Adaptativo 9i®, que faz da Sprinter o veículo mais seguro da sua categoria. Essa tecnologia reduz significantemente o risco de derrapagem e capotamento, garantindo a estabilidade do veículo mesmo em situações críticas. Além disso, a linha apresenta também Keyless start, ar-condicionado e a direção elétrica, que facilita muito as manobras dentro dos centros urbanos.

O chassi com cabina conta com duas distâncias entre eixos, o que permite uma versatilidade de aplicações, podendo receber diferentes implementos, como: baús de alumínio ou lonado, baú refrigerado, carga seca, plataforma de autossocorro, entre outras.

Já o furgão Sprinter 314 CDI Street conta com quatro opções de tamanho:

. o Entre-eixo Curto tem capacidade para 7,5 m³ de carga;

. o Longo, 9 m³;

. o Longo Teto Alto, 10,5 m³;

. e o ExtraLongo, 14 m³.

Esta variação permite a escolha do modelo ideal para o que precisar transportar. Para conhecer qual é mais adequado para o seu negócio, veja o post “Decidir entre furgão ou chassi cabine”.

 

Por dentro da lei

 

Para não haver dúvida entre as categorias B e C, observe o que há escrito no CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo), no campo “Espécie/Tipo”, onde está a classificação de cada tipo de veículo, conforme legislação brasileira. Lá poderá estar escrito, por exemplo, se o veículo é uma caminhonete ou caminhão.

No caso do veículo de carga com até 3.500 kg de PBT (Peso Bruto Total), a legislação o classifica como caminhonete e, por isso, a permissão para condução com CNH B. Os outros modelos da família Sprinter com PBT acima dos 3.500 kg são classificados como caminhão e, para conduzi-los, o motorista precisa de CNH a partir da C.

Confira o site e acesse o Configurador. Nele você poderá configurar o tipo e modelo ideais para o seu negócio.

Ficou com alguma dúvida sobre o conteúdo? Comente para esclarecermos 😉

Até mais.