Negócios com sua Van

Destaques

O amplo negócio sobre rodas

amplo negócio sobre rodas

Mercedes-Benz

“Todo artista tem que ir aonde o povo está”, diz a letra da música “Baile da Vida”, de Milton Nascimento. Por que não empreender em um negócio que pode ir aonde o cliente está?

Há vários registros sobre o início da atividade de comércio ambulante, uns dando conta que começou na França no século 17, outros dão conta que começou em Londres, no século 19.

De lá para cá, as formas mudaram, pois contamos com modernos veículos comerciais, transformadores que criam os ambientes dentro das vans para os mais variados tipos de negócios. E, o mais importante, a essência continua a mesma: atender o cliente que, cada vez mais, busca conveniência de ter produtos e serviços de qualidade que cheguem até ele.

Neste post, vamos dar dicas dos caminhos para a profissionalização, ramos de atuação para pesquisar e sobre os três tipos de veículos mais utilizados.

O food truck deu bastante visibilidade aos negócios sobre rodas, mas a diversidade de áreas para atuação é muito mais ampla. Claro que o ramo de alimentação e bebidas continua muito interessante.

No entanto, abaixo, descubra o que já existe além do mundo do food truck. Portanto, “não é se é possível, pois já é realidade”.

Já que estamos falando de mobilidade, a dica é descobrir qual a demanda existente para oferecer produtos e serviços na sua região ou em outras.

No caso de comércio varejista, tudo que tenha dimensões e peso que as pessoas possam carregar pode ser vendido em lojas itinerantes, como óculos, acessórios pessoais, roupas etc.

Conheça outras possibilidades:

Clínica estética – barbearias, estúdio de tatuagens, limpeza de pele, etc.

Clínicas e laboratórios – muitos profissionais, como médicos e dentistas, também podem empreender com unidades móveis. Os transformadores de furgões e os implementadores de chassi com cabina já construíram clínicas odontológicas, medicina ocupacional, ortopédicas, oftalmológica, fisioterapia etc. Profissionais da saúde que gostam de viajar, podem atender diversas cidades vizinhas pelo interior do país, geralmente, carentes desses profissionais.

Lava-jato – atender empresas, frotas, estacionamentos, residências, condomínios residenciais e comerciais etc. Há, inclusive, franquias para lavagem a seco disponível. Pode acrescentar diversos outros serviços automotivos, como revitalização de pintura e bancos de couro, etc.

Lojas de acessórios e roupas – a Butique de Rua foi a primeira no negócio de fashion truck do Brasil, fundada em 2008, e depois virou franquia com vans vendendo seus artigos em diversas cidades do país. Em janeiro deste ano, o Ceará Sporting Club inaugurou a sua loja itinerante construída sobre um Sprinter chassi com cabina de sua loja de roupas e artigos.

Oficinas móveis – aqui há um grande universo que não se limita a serviços mecânicos para automóveis. Outros tipos de oficinas podem atender motocicletas, apoio a passeios de motociclistas, borracharia, tratores, geradores de energia, sistemas hidráulicos, elétricos, bicicletas, eventos com de passeio de ciclistas. Uma dica é fazer convênio com frotistas. No mercado, há empresas especializadas em montar diversos tipos de oficinas móveis dentro de um furgão ou sobre um chassi com cabina.

Petshop – pode ser só a loja, serviço de banho ou clínica. Só em São Paulo, há vários bairros sem loja física.

Salão de beleza – serviços de grande demanda, como corte de cabelo express, esmalteria e serviços de manicure e pedicure express, com alta demanda e baixa oferta no momento etc.

Convênios – uma dica é fazer convênio com grandes empresas, condomínios comerciais e residenciais, principalmente, em bairros com poucas opções próximas. Por exemplo, os diversos serviços já citados acima, entre outros, vão poupar muito o tempo das pessoas que trabalham em prédios comerciais e têm pouco tempo para se locomover até um estabelecimento comercial.

A casa do empreendedor

A principal porta de entrada para um empreendedor ao mundo dos negócios é o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas). São dezenas de cursos gratuitos e pagos de curta duração (presenciais e on-line) sobre os mais variados temas para o empreendedor: como começar, obter créditos, atender às legislações e regulamentações públicas, emitir notas fiscais e muito mais. No site www.sebrae.com.br, é possível encontrar uma cartilha sobre lojas itinerantes.

Sobre questões legislativas, é muito interessante procurar o Sebrae de sua cidade. São mais de 700 locais de atendimento no país. Isso porque as regulamentações mudam entre estados e municípios. Os sites das prefeituras também contam com informações sobre a atividade itinerante.

Outra dica, antes de procurar o Sebrae, reflita sobre o seu propósito e em qual ramo de negócio quer empreender.

Veículos

Conhecer o ramo em que quer atuar ajuda também na definição do veículo, no tipo de transformação, ferramental e custos.

Para se ter uma ideia, na linha de vans Mercedes-Benz Sprinter existem três modelos (chassi cabina, furgão e Van de passageiro) diversas e versões para passageiros, furgões e chassi com cabina, inclusive, várias opções para quem possui CNH (Carteira Nacional de Habilitação) categoria B e diversas outras maiores para categorias a partir da categoria C.

O setor de transformação de vans, furgões e de implementos para chassi com cabina é bastante amplo e profissionalizado, inclusive, contam com apoio e suporte técnico da própria fábrica da Mercedes-Benz para fazerem as transformações de forma correta e segura.

Continue acompanhando nosso blog. Voltaremos com mais dicas.